ESCOLA DE ORAÇÃO – QUINTA AULA

preghiera

Como já falamos sobre os dois tipos de oração, gostaria de lembrar-lhes que para que esta oração tenha valor é sumamente importante a intenção posta no início. Se penso dedicar meia hora à oração, começo dizendo a Deus algo assim: “Senhor, quero ficar meia hora em tua presença. Ofereço-te esta meia hora, quero que ela seja só para ti. Ajuda-me a não me distrair, e te peço perdão se me distrair, porém eu te entrego esta meia hora que passarei aqui”. Este simples oferecimento que explicita nossa intenção dá valor de oração a toda a meia hora que segue.

Para ler mais, clica aqui

Para abrir os mantras cristãos: clica aqui

MEDITAÇÃO OU ORAÇÃO MENTAL – QUARTA AULA DA ESCOLA DE ORAÇÃO

escola de oração

A meditação é, na prática, uma oração, visto que orar é elevar o espírito a Deus com a finalidade de escutar-lhe quando nos fala, sobretudo se estamos em silêncio, o qual deve ser ausência de ruído e conversas, mas também, pode ser entre prosas de outros e barulhos de rua, pássaros ou até uma música suave, pois para muitos ouvindo sons de música sacra se elevam aos cume da meditação orante. Toda a meditação deve ser organizada de tal forma que haja uma disponibilidade física, corpórea e psicológica para isso.

Para ler mais, clica aqui

FAMÍLIA QUE REZA UNIDA, PERMANECE UNIDA.

oração em familia

Desde o princípio, o homem e a mulher foram criados para serem unidos e viverem o mistério da unidade em Deus. Unidade semelhante àquela vivenciada pela Santíssima Trindade. É a experiência mística de aprender a amar ao seu “próximo mais próximo”, como a si mesmo.

Nesse relacionamento, onde Deus gera a unidade, existe continuamente uma batalha espiritual a dois. Um cônjuge está sempre erguendo o outro no momento de uma possível queda, pois Deus nunca permite que ambos caiam ao mesmo tempo.

Os cônjuges vêem a imagem de Jesus Cristo nas suas faces e assim aprendem a amar-se. No entanto, se existe uma batalha espiritual no relacionamento matrimonial, se o inimigo de Deus tenta de todas as maneiras destruir os casamentos, faz-se necessário que os esposos estejam sempre muito bem armados para se defenderem.

Para ler mais clica aqui

A ORAÇÃO VOCAL – TERCEIRA AULA DA ESCOLA DE ORAÇÃO

oracao

Podemos orar de várias maneiras, vamos falar nos próximos  texto sobre  as mais comuns e que nos foram passadas no decorrer da vida.  Nessa aula vamos tratar sobre a oração vocal, isto è,  aquela que se faz com as palavras, acompanhada pela mente e o coração. para ler o texto clica aqui

A oração pessoal – Segunda aula da Escola de Oração

oracao

A oração é encontro íntimo com Deus, aventura maravilhosa. Porém, convém recordar que a oração sempre exige entrega pessoal. Ë necessário parar. Tirar o pé do acelerador, renunciar às coisas que fazemos habitualmente, projetos, e parar, sossegar, ficar quietos um bom tempo. clica aqui

Escola de Oração

escola de oração

Durante os meus quase seis anos de sacerdócio sempre vivi uma inquietação: perceber que na sua grande maioria, meus paroquianos não têm muito desejo e zelo pela oração pessoal. Muitos rezam, mas quando falamos da oração pessoal como encontro com Deus, parece que estamos falando num novo idioma.

Sendo assim, gostaria de iniciar hoje uma escola de oração. Onde pelo menos uma vez por semana, vamos postar, tanto neste blog, como no blog da paróquia, um capítulo as ser tratado sobre o valor da oração.

Sejam todos bem vindos às escola da Oração.

para ver o texto, clica aqui

A ESCOLA DE ORAÇÃO

O termo “escola” foi escolhido para mostrar que todos estaremos aprendendo. Ninguém é dono desta verdade. Apesar de ser absoluta, ela é uma experiência aberta. Quero, portanto, como sacerdote de Jesus Cristo, ajudar meu povo no seu crescimento pessoal e comunitário e desejo que todos juntos possamos redescobrir o gosto pela oração e assim possamos deslizar nessa magnífica aventura e fazer da nossa própria vida um contínuo, intenso, laborioso e feliz “colóquio” com o Deus vivente.

A escola de oração è na verdade bem diversa de uma catequese ou de uma instrução. É colocar-se na escola do Espírito Santo, presente no meio de nós, para que nos ensine um caminho de oração, nos ensine a crescer neste caminho.

Portanto o objetivo de cada texto da escola de oração não é ensinar, porque na verdade ninguém pode ensinar o outro a orar, mas sim dar dicas, estimular a busca pessoal mais consoante à realidade pessoal de cada um.

O que queremos é dar início a um processo que conduza à perseverança todos aqueles que estão encontrando na internet um caminho de descoberta do Senhor.  Tudo dependerá de cada um que quiser fazer a experiência de encontrar-se com o Senhor através da oração.

Gostaria de deixar claro que não é possível aprender a orar sem querer orar. Uma coisa é o que diz o papel, o conhecimento e outra é a experiência. E aqui estamos buscando iniciar um processo de crescimento espiritual.

Quem decide iniciar este caminho deverá experimentar no “segredo do seu coração” a sua oração, o seu dialogo com Deus, segundo as inspirações que o Espírito Santo indicará.

A escola serve para aprofundar algumas coisas, esclarecer certas dúvidas, colocar em comum, se alguém quiser, poderá também partilhar um pouco da própria experiência.

Os argumentos que vamos tratar a cada dia não pretenderão tratar tudo sobre a oração, pois orar não é uma técnica e sim uma experiência de diálogo aberto com o Senhor.

Portanto, repito estes textos que ficarão a disposição de todos não tem a intenção de fechar o conteúdo da oração, e sim pretende somente ser um instrumento inicial para a busca pessoal.

Serão conteúdos já vistos ou ouvidos em minhas homilias ou formação de pastoral, que agora tive desejo de colocar à disposição de todos. Caso alguém queria aprofundar deverão me escrever e se o tempo for possível, estarei ajudando nesse caminho. Pois, como eu quero cada dia mais mergulhar na experiência da misericórdia divina através da oração, gostaria que meus amigos, meus familiares e principalmente meus paroquianos, descobrissem o valor da oração para a vida deles.

%d bloggers like this: